06
Junho

Drenagem linfática manual para gestantes


Por: Fisioterapeuta Renata Marquetti
Durante a gravidez, a drenagem linfática ativa a circulação sanguínea, diminui inchaços nas pernas, rosto e pés.

A drenagem linfática na gravidez é ótima para ativar a circulação sanguínea, diminuir o inchaço nas pernas, rosto e pés, diminuição do risco de desenvolver varizes, melhora da nutrição das células e dos tecidos, além disso, também promove um relaxamento profundo.

Esta técnica de massagem deve ser realizada por uma profissional qualificada. Aqui na Estética Los Angeles são fisioterapeutas especializadas em dermato funcional.

Esta é uma técnica de massagem que compreende movimentos lentos, rítmicos e suaves, somente assim a drenagem vai ter seus benefícios, uma vez que trará benefícios para a mãe e para o bebê.

Pensando no bem estar e cuidado com a gestante, na Los Angeles temos um protocolo exclusivo, que inclui drenagem para o rosto e corpo e máscaras hidratantes.

Agende um horário para maiores informações. Lembrando que a drenagem é muito indicada no pós-parto, mesmos nos casos de parto normal. Ela ajuda a relaxar, melhorar a circulação sanguínea, eliminando o inchaço, contribui muito para a recuperação também.

Tags: Drenagem linfática para gestantes
10
Agosto

Drenagem linfática para gestantes


Por: Fisioterapeuta Juliana Rodrigues
A drenagem linfática é recomendada a partir do 3º mês de gestação, de acordo com a recomendação médica.

Durante o período gestacional ocorrem muitas mudanças no corpo da mulher, como a retenção de líquidos, sensação de peso e cansaço nas pernas, e também as alterações hormonais que geram muitas consequências no organismo.

A drenagem linfática é recomendada a partir do 3º mês de gestação, de acordo com a recomendação médica. A drenagem não é recomendada no caso de hipertensão que não esteja controlada, insuficiência renal, infecções de pele e trombose venosa profunda. Deve ser realizada por profissional experiente e capacitado, pois nessa fase exige algumas adaptações para o bem-estar da gestante, como o uso de cremes e óleos que devem ser próprios para gestantes, pois alguns princípios ativos são proibidos nesse período, um exemplo é a ureia e a canfora, que não devem ser aplicadas, pois em grande quantidades podem ser toxicas.

Os benefícios da drenagem nessa fase são imensos porque redireciona os líquidos corporais excedentes para os gânglios linfáticos, auxiliando a eliminá-los, promove relaxamento e melhora o cansaço nas pernas. Ela pode ser realizada no período pós-parto, pois a mulher ainda encontra-se edemaciada.

Tags: Drenagem linfática para gestantes