Por: Fisioterapeuta Tatiane Spina Ramos

A Estética Los Angeles possui opções de tratamentos para acabar com as estrias e a gordura localizada!

Durante o período de gestação, uma das transformações que ocorre no corpo da mulher é o aumento de peso. Com isso, a pele é imediatamente solicitada em sua distenção máxima, fazendo com que possam surgir estrias e a sobra da pele após o nascimento do bebê. Essa é uma das principais queixas que recebemos constantemente de nossas pacientes.

Entre as opções de tratamentos que oferecemos na Estética Los Angeles, estão a Criolipólise com Cooltech - para a perda da gordura localizada - e o Vênus Legacy - para aumentar a utilização da gordura da região tratada e estimular o colágeno, fortalecendo a pele e melhorando muito a aparência e textura. 

Hoje, vou mostrar o resultado de uma paciente que fez uma sessão da Criolipólise com Cooltech e seis sessões do Vênus Legacy em seu abdômen. A paciente está muito satisfeita com o resultado obtido até o momento. Agora, para darmos continuidade ao protocolo, iniciamos o tratamento com o Ematrix - radiofrequência fraccionada que vai tratar as estrias brancas, melhorando ainda mais o visual da pele do seu abdômen. 

Antes x depois da paciente

Se você também tem essas alterações, que ocorrem no pós-gestação e também podem aparecer após uma perda grande de peso e medidas, venha fazer uma avaliação para indicarmos as melhores opções de tratamento para você!

Tags: Tratamentos corporais, Estrias, Gordura localizada, Pós-gestação
11 de Fevereiro de 2019

Tratamento para estrias

Por: Fisioterapeuta Renata Marquetti

A Estética Los Angeles possui diversas opções de tratamentos para estrias brancas, roxas e vermelhas!

As estrias podem aparecer por vários motivos, principalmente pelo estiramento muito rápido da pele, normalmente na fase de crescimento, na gravidez ou quando há aumento de peso.

As estrias vermelhas ou arroxeadas são as mais fáceis de tratar, pois são mais recentes. Já as estrias brancas são mais antigas e precisam de um tratamento mais intenso, que provoque uma agressão maior na pele para que haja uma maior produção de colágeno e elastina, que farão a cicatrização interna das estrias.

Existem vários tipos de tratamento para estrias, podendo ser mais invasivo ou menos, dependendo do caso do paciente. Dentre eles, a Carboxiterapia associada com a aplicação de um peeling químico sobre o local possui ótimos resultados. A Carboxiterapia injeta  gás carbônico no tecido subcutâneo para dilatar os vasos sanguíneos e estimular a formação de colágeno, preenchendo as estrias de dentro para fora. Em seguida, o peeling químico irá ajudar a estimular o aumento das fibras de sustentação da pele. 

O resultado deste tipo de tratamento surge a partir de cinco sessões, em média. Esse tempo varia conforme o tamanho, a espessura e a coloração das estrias. Agende uma avalição para saber mais!

Tags: Tratamentos corporais, Estrias, Carboxiterapia, Peeling químico

Por: Fisioterapeuta Renata Marquetti

São vários os motivos que podem causar estrias durante a gestação. E o ideal é realizar algum tratamento imediato caso elas surjam!

O aparecimento das estrias na gestação ocorre pela ruptura das fibras colágenas e elásticas, devido a distensão da pele.

São vários os motivos pelos quais elas surgem, entre eles a predisposição genética, ganho de peso, peso do bebê, idade da gestante e pele desidratada. E quando aparecem as estrias, o que devemos fazer de maneira imediata é iniciar um tratamento, visto que quando elas estão com uma coloração avermelhada o resultado da melhora da aparência é melhor e mais rápido. Se o aparecimento ocorrer ainda durante a gestação, não podemos utilizar de muitos recursos, a não ser uma boa hidratação da pele. Já após o nascimento do bebê, o início do tratamento deve ser o mais rápido, mesmo estando amamentando, é possível.

Dentre os tratamentos para estrias, o melhor deles é o laser E-matrix, que consegue melhorar muito o aspecto das estrias, tanto a coloração quanto a diminuição da espessura da lesão tecidual. E agora mais recentemente o microagulhamento, sendo uma técnica que utiliza um roller com microagulhas. Tanto o laser quanto o microagulhamento podem ser feitos durante a amamentação.

O ideal é fazer uma avaliação com um de nossos profissionais, para identificar qual a melhor técnica para cada caso, lembrando que quanto antes for iniciado o tratamento melhor, pois há mais chances de recuperação das fibras elásticas e colágenas nas estrias vermelhas.

Tags: Estrias na gravidez
19 de Junho de 2017

Tratamento para estrias

Por: Fisioterapeuta Tatiane Spina Ramos

A associação das técnicas é o que normalmente tem o melhor resultado no tratamento de estrias.

Na área da estética existem várias abordagens terapêuticas visando à melhora do aspecto da estria ou a sua regeneração. A associação das técnicas é o que normalmente tem o melhor resultado.

O foco é melhorar a microcirculação, acelerar o crescimento e espessura da epiderme e espessura da derme, estimular fibroblastos e manter a boa hidratação cutânea. Com isso o resultado é uma pele com melhor qualidade em textura, firmeza, homogeneidade de coloração e relevo das estrias.

Aplicação de cosméticos específicos e de ácidos (peelings químicos), peelings físicos (microdermoabrasão  de diamante, por exemplo), carboxiterapia, microagulhamento, Ematrix, são algumas indicações de tratamentos para estrias.

Os procedimentos mais superficiais (atuam somente na epiderme) podem ser utilizados com o objetivo de ajudar na penetração dos cosméticos e dos ácidos, e com isso se obter o melhor resultado desejado na ação de cada produto em específico.

Os procedimentos médios ou profundos (lesões produzidas que se estendem por toda a epiderme e também na derme superficial, papilar ou toda epiderme e derme papilar e reticular) são utilizados com o objetivo de reestruturaçao celular dérmica.

Os ácidos mais indicados para os tratamentos das estrias são o retinóico, o mandélico e o glicólico.

A carboxiterapia produz uma melhora da elasticidade cutânea com o aumento e reorganização das fibras elásticas e colágenas da pele.

O microagulhamento causa uma lesão uniforme por meio de microperfurações, que obrigam a pele a regenerar-se e a cicatrizar-se rapidamente de dentro para fora, estimulando os fibroblastos e sintetizar novas fibras colágenas e elásticas, melhorando o aspecto das estrias.

Ematrix é uma radiofrequência fracionada que pode ser regulada para atingir as várias camadas da pele, desde a mais superficial até a mais profunda, e atualmente é uma tecnologia que tem melhor indicação para o tratamento nas estrias brancas, por exemplo.

Agende uma avaliação com nossas profissionais!

Tags: Tratamento para estrias

Por: Renata Marquetti

Protocolo carboxiterapia + Ácido retinóico 3% associado ao tratamento para estrias.

A carboxiterapia age através da infusão de gás carbônico(CO2). Esse gás é um potente vasodilatador, ou seja, aumenta muito a circulação do local onde é aplicado. Com o aumento dessa circulação chega mais sangue, oxigênio e nutrientes para pele. Quanto mais oxigenada e nutrida estiver a pele, melhor é a micro-circulação, a oxigenação dos tecidos, a cicatrização e maior é a produção de colágeno. Além disso, uma circulação melhor e melhora a distribuição de líquidos no corpo.

Durante o procedimento, ocorre uma distensão dos tecidos pelo gás fazendo com que a pele retraia e melhore a flacidez, pois a presença física do gás estimula os fibroblastos(células produtoras de colágeno). Baseado nisso, essa técnica é muito eficaz para o tratamento das estrias, pois neste caso houve um rompimento da derme, com perda de colágeno.

Para otimizar o tratamento, é associado logo após aplicação da carboxiterapia uma camada fina de acido retinoico 3% tópico. Este é, sem dúvida, a melhor opção de ácido pois irá estimular a produção de colágeno e reorganizar as fibras elásticas, reduzindo assim, a largura e o comprimento das estrias.

 

O resultado é nítido da melhora do aspecto das estrias, nota-se na foto apresentada. Este protocolo foi realizado com seis sessões de carboxiterapia e com uma aplicação de ácido retinóico na região do abdômen.

 

Por: Renata Marquetti - Fisioterapeuta

Tags: Tratamento estrias
03 de Novembro de 2015

Tratamento Para Estrias

Por: Manuella Saldanha Ravaglio - Fisioterapeuta Dermat

Conheça o E-Matrix

As estrias são cicatrizes que se formam quando há o estiramento das fibras elásticas e colágenas na pele, podendo ser por problemas hormonais, crescimento rápido, gestação, aumento de peso, entre outros.

Quando a cicatriz já está consolidada, tem a coloração branca; já quando a estria acaba de surgir, a coloração é vermelha.

Deve-se ficar atento, pois é nesta fase que os tratamentos estéticos são mais eficazes.

Um protocolo que faz muito sucesso para o combate das estrias é o E-Matrix, associado com fatores de crescimento. O E-Matrix é uma radiofrequência fracionada sublativa, inovadora técnica que distribui calor nas camadas mais profundas da pele, aumentando a produção de fibroblasto e regenerando a pele de dentro para fora.

Em seguida é aplicado um creme manipulado especialmente para as estrias, que possui fatores de crescimento para estimular a produção de colágeno. Geralmente são indicadas 5 sessões, sendo 1 vez por mês.

Por Manuella Saldanha Ravaglio - Fisioterapeuta Dermatofuncional

Tags: E-Matrix Tratamento para estrias