Rosácea

Pele sensível, avermelhada na região da face, irritada com facilidade acompanhadas de bolhas que coçam na face são características da rosácea, uma condição inflamatória que afeta sobretudo mulheres entre 30 e 50 anos. Há diferentes fatores que podem estar envolvidos, como predisposição genética, estresse e desequilíbrio dos microrganismos naturais da pele. Por isso, o correto diagnóstico e avaliação do quadro é a melhor maneira de orientar pacientes para tratamentos que controlam os sintomas e trazem uma excelente qualidade de vida.

Informações
gerais.

A Rosácea é uma doença inflamatória crônica da pele que se manifesta geralmente em mulheres de 30 a 50 anos. É caracterizada pela vermelhidão da face, pele sensível, descamativa e que pode ser acompanhada de bolhas que coçam. Há diversas possíveis causas, entre elas pré-disposição genética, mudanças bruscas de temperatura, exposição solar, ingestão de alimentos muito quentes, alterações emocionais e hormonais. Além disso, tem relação com o aumento da presença um fungo, chamado Demodex folliculorum, e de uma bactéria Bacillus oleronius, que naturalmente fazem parte da flora da pele.
De forma geral, o quadro se inicia com sensibilidade na pele do rosto e vermelhidão, que costuma ocorrer em situações pontuais, como estresse ou ainda espontaneamente. Aos poucos, a região da face tende a ficar vermelha permanentemente, surgindo também pequenas bolhas, dilatação dos vasos sanguíneos (telangiectasias) e até manchas rochas.
Nesses casos, o acompanhamento médico e a avaliação profissional trazem resultados surpreendentes no controle do quadro, garantindo mais bem-estar e autoestima às pessoas que sofrem com rosácea em qualquer estágio ou intensidade
Rosacea

Tratamentos

    Agende sua avaliação com nossa dermatologista

    Whatsapp